Hora do Planeta alerta para crises energética e hídrica

02:16 Geral, Notícias 27/03/2015 - 18h49 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

Um ato simbólico mundial de combate ao aquecimento global. A Hora do Planeta, movimento que reúne milhares de empresas e governos e mais de um bilhão de pessoas no mundo todo, começa às 20h30 deste sábado (28), com duração de uma hora. São sessenta minutos em que todos os que participam demonstram reflexão e preocupação com as mudanças climáticas. E por esta razão, desligam as luzes de suas casas, de seu ambiente de trabalho. Monumentos mundialmente conhecidos como as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel, em Paris, o Coliseu, em Roma e o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, já ficaram no escuro durante a celebração do movimento.

 

No Brasil, a ação, promovida pela organização ambientalista WWF, chega à sua sétima edição. O líder da iniciativa Amazônia Viva da Rede WWF, Cláudio Maretti, ressalta que a cada ano cresce o engajamento e que neste domingo, a campanha tem uma importância ainda maior, pois traz como tema central as crises hídrica e energética.

 

O líder da WWF fala sobre a importância da temática e da necessidade de uma mudança de comportamento das pessoas em relação à natureza e aos recursos hídricos.

 

Desde sua primeira edição em 2007, em Sydney, na Austrália, a Hora do Planeta não parou de crescer e, a cada ano, ganha novos adeptos.

 

Matéria alterada dia 27/03/15, às 18h32, para supressão de informação incorreta sobre a data do ato. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique