PF desarticula esquema de corrupção no Porto do Rio

01:31 Geral, Notícias 20/05/2015 - 13h28 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (20) a Operação Arcanus. O objetivo é desarticular um esquema de corrupção que teria participação de agentes públicos no Porto do Rio de Janeiro. 300 políciais federais cumpriram 78 mandados na capital, em Niterói, São Gonçalo e São João de Meriti, no estado do Rio de Janeiro, e em Parnaíba, no Piauí.

 

Das oito ordens de prisão temporária, cinco são contra servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e três envolvem policiais federais. Além disso, também são cumpridos 37 mandados de busca e apreensão e 33 de condução coercitiva, sendo um dos procurados um Praça da Marinha. 

 

De acordo com as investigações, os funcionários da agência emitiam certificado de controle sanitário de bordo das embarcações sem fazer a inspeção. Já os policiais federais, não cumpriam as normas regulares de procedimento migratório. 

 

Entre os crimes estão corrupção ativa e passiva, concussão, que é quando o servidor público exige dinheiro ou vantagem em razão da função que ocupa, inserção de dados falsos em sistemas, organização criminosa, falsidade ideológica e uso de documentos falsos.

 

O nome da operação Arcanus, que em latim signifca escondido, se refere à forma reservada e discreta que os crimes teriam sido praticados em áreas de controle e acesso restrito do porto.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique