Relógios terão um segundo extra por alterações gravitacionais

01:51 Geral, Notícias 29/06/2015 - 16h18 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Nesta terça-feira, o relógio oficial vai ganhar um segundo a mais e ser atrasado.

 

De acordo com o Observatório Nacional, um segundo vai ser acrescido ao Tempo Universal Coordenado (UTC), para fazer a correção do Tempo Atômico Internacional (TAI).

 

O chefe do Serviço de Geração e Disseminação da Hora, Mario Fittipaldi, explica que a velocidade de rotação da Terra sofre variações em virtude dos efeitos gravitacionais do Sol, da Lua e dos planetas.


A correção vai ser realizada às 23horas, 59 minutos e 59 segundos no horário de Greenwich, na Inglaterra, e no Brasil a correção vai ocorrer três horas antes, às 9 horas da noite do dia 30 de junho.

 

Ainda segundo o observatório nacional, embora pareça pequena, essa mudança, é muito significativa e impacta principalmente às relações comerciais.

 

As empresas sincronizadas ao Observatório Nacional vão ter essa mudança de forma automática, enquanto as demais precisam providenciar suas adequações.

 

A correção do "Segundo intercalado" é determinada pelo Serviço Internacional de Sistemas de Referência e Rotação da Terra. O último acerto aconteceu no dia 31 de dezembro de 2012.

 

Esses ajustes de um segundo são feitos desde 1972 e a partir de julho deste ano, a diferença entre o Tempo Atômico Internacional e o Tempo Universal Coordenado (UTC) vai ser de 36 segundos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique