Polícia Civil de Manaus investiga suposta chacina

01:36 Geral, Notícias 21/07/2015 - 13h53 Brasília Embed

Michelle Moreira

A Polícia Civil do Amazonas trabalha com duas linhas de investigação para apurar os homicídios ocorridos em Manaus no último fim de semana.

 

Trinta e quatro pessoas morreram vítimas de armas de fogo entre a última sexta e a madrugada dessa segunda-feira (20).

 

Uma das hipóteses seria uma possível represália de policiais militares pela morte do sargento Afonso Camacho na sexta-feira, na saída de um banco.

 

Os policiais também investigam a relação das mortes com a disputa de facções criminosas.

 

A maioria dos crimes tem as mesmas características, por isso o delegado-geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, não descarta nenhuma das possibilidades

 

Sonora: "Identificamos que 16 destes crimes foram praticados com as mesmas características. Dois indivíduos numa motocicleta com o apoio de um carro. Daqui a pouco acontece outro homicídio em outro ponto da cidade com as mesmas características. Nós não podemos desconsiderar nenhuma coisa nem outra."

 

Ainda de acordo com o delegado, o caso é complexo e o sigilo das apurações é essencial para a conclusão das investigações.

 

Uma mulher chegou a se apresentar na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações em Manaus, no último domingo. Ela teve suas imagens divulgadas na internet, como suposta autora do assassinato do policial. A mulher se declarou inocente e foi liberada.

 

A Polícia Militar reforçou o policiamento em Manaus, com cerca de quinhentos policiais. O efetivo está espalhado em diversos pontos da capital.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique