Operação investiga fraudes na construção da Arena Pernambuco

01:46 Geral, Notícias 14/08/2015 - 12h17 Brasília Embed

Jéssica Gonçalves (ao vivo)

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (14) a Operação Fair Play, para investigar suspeitas de fraude e superfaturamento na construção da Arena Pernambuco, em Recife, um dos estádios utilizados na Copa do Mundo do ano passado.


Foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão em Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal.


Segundo as investigações, o superfaturamento nas obras do estádio foi de mais de R$ 42 milhões. Ainda de acordo com a PF, uma das empresas responsáveis pela elaboração do projeto básico do edital, a Odebrecht, foi escolhida sem licitação ou edital de concorrência.


O delegado da Polícia Federal no Recife, Felipe Barros Leal, esclareceu que o projeto da construtora foi produzido sem disponibilizar todas as informações necessárias.

 

Fair Play é uma expressão do inglês que significa jogar limpo, ter espírito esportivo. Os investigados na operação devem responder por organização criminosa, corrupção ativa e passiva, e, se condenados, podem pegar de dois a doze anos de prisão.


Em nota, a assessoria de imprensa da Odebrecht considerou injustificável a ação da Polícia Federal, e disse ter convicção da regularidade e legalidade do projeto. A construtora se colocou à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos.

 

*atualizada às 14h57

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique