Seguro-desemprego para empregadas domésticas é regulamentado

01:07 Geral, Notícias 28/08/2015 - 10h41 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

A partir de hoje (28), empregados domésticos demitidos sem justa causa terão direito ao seguro-desemprego. A regulamentação está publicada no Diário Oficial.

 

Para ter acesso ao benefício, o empregado doméstico deverá ter trabalhado por pelo menos 15 meses nos últimos 24 meses anteriores à dispensa, não estar recebendo qualquer benefício previdenciário de prestação continuada, exceto auxílio-acidente e pensão por morte e não possuir renda própria para manutenção da família.


O valor pago será de um salário mínimo pago por no máximo três meses, de forma contínua ou alternada, dentro do período de 16 meses, a partir da data de dispensa.


Para pedir o seguro-desemprego, o trabalhador doméstico deverá ir a uma das unidades de atendimento do Ministério do Trabalho no prazo de sete a 90 dias contados da data da dispensa. A primeira parcela é paga em 30 dias e as outras, uma vez por mês nos meses seguintes.


Quem for demitido por justa causa não terá direito ao benefício.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique