Casa e escritório de Eduardo Cunha no Rio são alvos da ação da PF

01:13 Geral, Notícias 15/12/2015 - 13h20 Rio de Janeiro Embed

Daniel Isaia

Os mandados de busca e apreensão de documentos do deputado Eduardo Cunha, executados nesta terça-feira (15) pela Polícia Federal (PF), não se restringiram ao Distrito Federal. A Operação Catilinárias fez apreensões de documentos, também, na residência e no escritório do presidente da Câmara, no Rio de Janeiro.


A Polícia Federal isolou, por volta das 6h, o condomínio onde Eduardo Cunha reside, na Barra da Tijuca. Durante três horas e meia a imprensa apenas acompanhou a movimentação de fora do condomínio.


Por volta das 9h30 os agentes deixaram o local em três viaturas. Os policiais levaram um malote com documentos apreendidos para a Superintendência Regional da PF, no Rio. Também pela manhã foram realizadas buscas no escritório de Cunha, localizado no centro do Rio de Janeiro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique