STF revoga prisão de banqueiro investigado pela Operação Lava Jato

01:11 Geral, Notícias 17/12/2015 - 15h55 Brasília Embed

Leandro Martins

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, decidiu hoje (17) revogar a prisão do ex-controlador do Banco BTG Pactual André Esteves, que deverá cumprir medidas cautelares.


O banqueiro, que está no Presídio de Bangu, no Rio de Janeiro, deverá cumprir prisão domiciliar integral, afastar-se dos cargos de direção do BTG Pactual e comparecer quinzenalmente à Justiça.


André Esteves também está proibido de manter contato com outros investigados na Operação Lava Jato e de sair do país sem autorização.


Teori Zavascki entendeu que Esteves pode responder às acusações em liberdade por não ter participado da reunião em que o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) e o ex-advogado do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, falavam sobre formas de tentar atrapalhar as investigações da Lava Jato.


Esteves e Amaral foram presos pela Polícia Federal no dia 25 de novembro, como parte da Operação Lava Jato.


Zavascki manteve a prisão do senador. Ele entende que no caso de Delcídio do Amaral, não houve mudanças no conjunto probatório que autorize a soltura do parlamentar.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique