Começa 3ª fase de testes da vacina brasileira contra a dengue

01:48 Geral, Notícias 01/01/2016 - 21h58 São Paulo (SP) Embed

Cátia Rodrigues

No início deste ano, começa a terceira e última fase dos testes clínicos em humanos da vacina desenvolvida para proteger contra os quatro vírus da dengue em circulação no país. O diretor do Instituto Butantan, que desenvolve os estudos, Jorge Kalil, explica o objetivo desta etapa da pesquisa:

 

Sonora: "Nós vamos ao grande desafio: imunizar um grande número de pessoas, para algumas dar a vacina que nós produzimos, que é uma vacina que vai para os diferentes lugares do Brasil liofilizada, então a vacina vai ser distribuida para vários centros do Brasil; ela é administrada e a gente compara com pessoas que recebem placebo e nós vamos comparar. E aí quando a gente dá a vacina e dá o placebo, a pessoa vai ter vida normal, e isso a gente vai fazer em regiões que tem bastante dengue."

 

O trabalho envolverá 17 mil voluntários residentes em 13 cidades das cinco regiões do país. Jorge Kalil explica os critérios de escolha de pessoas interessadas em participar dos estudos clínicos:

 

Sonoras: "Tem vários critérios. Um deles é a idade. A gente vai começar testando no que se consideraria idade adulta - de 17 a 59 anos; depois a gente vai baixar de 9 a 17 anos; depois para crianças de 2 a 9 anos."

 

Do total de voluntários, dois terços receberam a vacina, e um terço receberá placebo, uma substância sem qualquer efeito. Uma vez comprovada a eficácia da vacina, a partir dos exames coletados dos voluntários, o produto poderá estar disponível em 2017.