Médico esclarece os sintomas de depressão em idosos

13:28 Geral, Entrevistas 31/01/2016 - 14h15 Brasília Embed

Apresentação Luiza Inez Vilela

O Brasil tem mais de 20 milhões de pessoas com mais de 60 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa é que até 2055 esse número supere a quantidade de brasileiros com até 29 anos. O programa Cotidiano, da Rádio Nacional AM de Brasília, desta sexta- feira (29) trouxe como tema a relação dos idosos com a depressão. Sobre o assunto, o programa conversou com a psiquiatra, Helena Moura, que atua também em psicogeriatria.



Ela diz que no idoso a depressão é diferente e não segue o padrão clássico: "ela vive se queixando de alguma dor,  vai em vários médicos e não consegue melhorar, mas aparece a dor em outra parte do corpo", diz. Segundo a psicogeriatria, a pessoa não melhora, porque o problema principal não é físico e sim emocional.



Segundo a psiquiatra, o que na maioria das vezes leva o idoso a depressão é o aspecto social, quando perde uma pessoa importante, surgem doenças ou problemas que causam limitações.



Helena Moura lembra que existe a fila do idoso, mas o atendente não percebe que o idoso tem mais dificuldade de ouvir ou processar a informação, e isso gera aquela impaciência, e o idoso pode acabar se sentindo mal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique