Eleitores devem ficar atentos para recadastramento biométrico no MA

02:16 Geral, Notícias 24/02/2016 - 15h19 Brasília Embed

Graziele Bezerra

Mais de 24 mil eleitores de Timon, município maranhense a 430 quilômetros de São Luís, estão com o título cancelado. Eles não fizeram o recadastramento biométrico encerrado em 4 de fevereiro.


Para não perder o direito de votar nas próximas eleições, o diretor do Fórum Eleitoral, Francisco Soares Júnior, diz que os eleitores podem requerer um novo título.


O juiz lembra que os eleitores podem sofrer prejuizos caso não resolvam as pendências.


Em Urbano Santos, a 191 quilômetros da capital, os eleitores têm até 31 de março para realizar o recadastramento biométrico. Cerca de 19 mil pessoas estão cadastradas na Justiça Eleitoral.


Já em Belágua, no leste maranhense, a data final para o recadastramento biométrico é 15 de março. Cerca de 5,5 mil eleitores votam no município.


O recadastramento por meio da identificação biométrica serve para tornar o processo de votação mais seguro. São coletadas as digitais, foto e assinatura do eleitor. Dessa forma, uma pessoa não pode se passar por outra.


Nas eleições de 2014, 15 municípios do estado, entre eles a capital São Luís, utilizaram a biometria.


No pleito deste ano, 41 cidades maranhenses vão utilizar o sistema. O número corresponde a 43% do eleitorado do estado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique