Material contaminado pode ter cegado pacientes em São Paulo

03:08 Geral, Notícias 14/02/2016 - 15h20 São Paulo Embed

Cátia Rodrigues

A Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, está investigando as causas da infecção ocular que deixou pacientes cegos após cirurgias de catarata.

 

Os resultados da comissão de sindicância só devem ser concluídos no início de março. Mas, segundo a secretária de Saúde, Odete Gialdi, a suspeita é de contaminação por meio dos materiais utilizados durante os procedimentos.

 

No sábado do dia 30 de janeiro, 27 pacientes fizeram cirurgias de catarata no Hospital de Clínicas do Alvarenga do município.

 

Os procedimentos foram realizados por uma clínica particular, que é contratada pela Secretaria de Saúde desde 2014 para prestar esse tipo de serviço na rede municipal de saúde.

 

Dos 27 pacientes, 21 foram contaminados pela bactéria pseudomonas, que causou perda de visão e, em algumas pessoas, até remoção de partes das estruturas dos olhos.

 

Uma das pessoas infectadas foi Maria Helena Lucena de Godoi, de 55 anos. Ela afirma que perdeu a visão do olho esquerdo após a cirurgia de catarata.

 

A filha de Maria Helena, Kathyllin Costa, se uniu aos familiares dos outros pacientes para exigir da Secretaria de Saúde que os pais sejam ressarcidos dos prejuízos que tiveram.

 

A secretária Odete Gialdi afirma que a Secretaria de Saúde tem oferecido a assistência necessária aos pacientes, como serviço específico de oftalmologia.

 

O caso da infecção ocular em São Bernardo do Campo chegou à Promotoria de Justiça da cidade. A Secretaria de Saúde tem até a próxima sexta-feira para enviar explicações sobre o ocorrido durante as cirurgias de catarata.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique