Laboratório móvel vai mapear ação do Zika em capitais do Nordeste

01:09 Geral, Notícias 14/06/2016 - 10h34 João Pessoa, PB Embed

Ulisses Barbosa, Rádio Tabajara

O laboratório móvel do projeto pioneiro Zibra - Zika Brasil - com pesquisadores brasileiros e estrangeiros, está instalado em João Pessoa, Paraíba. O objetivo é mapear o comportamento do vírus em diferentes pontos do Nordeste.

 

João Pessoa é a segunda capital a receber a pesquisa, iniciada no último dia 2 de junho em Natal, Rio Grande do Norte. Da Paraíba, a ação segue para Recife, Maceió, Aracaju e Salvador - cidades com alto índice de infestação pelo vírus.

 

O estudo é uma parceria entre o Instituto Evandro Chagas, a Universidade de São Paulo (USP), a FioCruz de Salvador e as universidades de Oxford, nos Estados Unidos, e Birminghan, na Inglaterra.