Ações ambientais da Samarco serão avaliadas pelo governo de MG

01:53 Geral, Notícias 06/07/2016 - 11h09 Belo Horizonte Embed

Gustavo Abreu - da Rádio Inconfidência

O Ministério Público de Minas Gerais expediu recomendação à Samarco para que submeta previamente todas as medidas necessárias para o controle da situação, decorrente do rompimento da Barragem de Fundão, à aprovação dos órgãos ambientais estaduais competentes.


O objetivo, segundo o MP, é minimizar os danos à saúde pública e ao meio ambiente, incluindo aí as ações de contenção, recolhimento, neutralização, tratamento e também disposição final dos resíduos gerados no acidente, bem como a recuperação das áreas impactadas.


O documento recomenda que a mineradora instale placas com identificação dos responsáveis técnicos pelos projetos em todas as obras em andamento na área atingida em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, em novembro do ano passado.


A instituição recomendou aos subsecretários de Regularização Ambiental e de Fiscalização Ambiental, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, que exerçam poder de polícia ambiental em relação a todas as medidas propostas pela empresa e que elaborem e divulguem pela internet relatórios semanais a respeito de todas as decisões administrativas e medidas técnicas adotadas em relação ao caso do rompimento da barragem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique