PF deve transferir último suspeito de terrorismo para MS nesta segunda

01:08 Geral, Notícias 25/07/2016 - 16h14 Brasília Embed

Jéssica Gonçalves

O último foragido da "Operação Hashtag", que foi preso nesse domingo em Mato Grosso, deve ser levado ainda hoje (25) para o presídio federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Mesmo local onde estão os outros 11 presos pela Polícia Federal na semana passada, suspeitos de planejar atos terroristas para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A unidade, que é de segurança máxima, recebe presos considerados perigosos.

 

O mecânico Leonid El Kadre de Melo foi preso pela Polícia Militar na cidade de Comodoro, a cerca de 600 quilômetros de Cuiabá. Ele foi reconhecido após ter fotos divulgadas na imprensa.

 

Na última sexta-feira, o penúltimo procurado, Valdir Pereira da Rocha, se entregou à Polícia Federal na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, também em Mato Grosso.

 

No mesmo dia, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse, em entrevista à imprensa, que a prisão dos suspeitos de planejarem atos terroristas para a Olimpíada contou com informações repassadas por setores de inteligência de outros países.

 

Segundo Moraes, a Polícia Federal tem um grupo designado especialmente para o combate ao terrorismo, o Centro Integrado Antiterrorismo, que conta com a ajuda direta de seis países: Estados Unidos, França, Bélgica, Inglaterra, Argentina e Paraguai.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique