Comitê Olímpico dos EUA se desculpa com brasileiros por atitude de nadadores

01:19 Geral, Notícias 19/08/2016 - 16h04 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

Após ficar provado que os nadadores da delegação dos Estados Unidos inventaram a história do assalto, o Comitê Olímpico do país divulgou nota pedido desculpas ao Rio de Janeiro e aos brasileiros pelo incidente.

 

O texto publicado no site do comitê na noite desta quinta-feira (18) diz que o comportamento dos atletas foi inaceitável e não representa os valores do time americano ou a conduta da vasta maioria de seus membros. A entidade também informou que, após o fim da Olimpíada, vai rever a conduta dos quatro atletas e avaliar possíveis punições. O comitê ainda classificou o caso como uma provação de desordem no meio do que deveria ser uma celebração de excelência.

 

Ryan Lochte, James Feigen, Gunnar Bentz e Jack Conger disseram que tinham sido assaltados na madrugada do último domingo (14), quando voltavam de uma festa na Casa da França, na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio. Mas as investigações do caso mostraram que os atletas praticaram atos de vandalismo e se envolveram em uma confusão com funcionários de um posto de gasolina na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.

 

Lochte e Feigen, que registraram uma ocorrência de roubo na Delegacia Especial de Apoio ao Turista, foram indiciados por falsa comunicação de crime. Bentz e Conger foram ouvidos no caso como testemunhas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique