Garis do DF em greve querem reajuste salarial de 30%

01:42 Geral, Notícias 01/08/2016 - 15h00 Brasília Embed

Jéssica Gonçalves

Funcionários terceirizados da limpeza urbana do Distrito Federal continuam em greve. Eles querem um reajuste salarial de 30% e tíquete alimentação mensal de R$ 750.

 

Na última sexta-feira, a categoria recusou proposta de 8% de reajuste feita pelo governo, e cruzou os braços à meia-noite de sábado. Desde então, a coleta de lixo e a varrição de rua estão suspensas.

 

A diretora-presidente do SLU, Serviço de Limpeza Urbana do DF, Kátia Campos, afirma que, por falta de verba, o aumento nos salários pode gerar demissão de trabalhadores. A vendedora Patrícia Lopes disse que entende a situação dos garis, mas reclama do lixo nas ruas.

 

O salário-base de um gari no DF é de pouco mais de mil reais , com auxílio-alimentação de 550 reais. Ao todo, são seis mil  funcionários, com carga horária semanal de 44 horas - de segunda a sábado - e plantões aos domingos. A Rádio Nacional não conseguiu contato com o sindicato que representa a categoria.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique