Justiça mantém bloqueio de bens de Anísio da Beija-Flor

01:01 Geral, Notícias 30/08/2016 - 19h10 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) manteve o bloqueio das contas do casal Aniz Abrahão David (o presidente de honra da Beija-Flor e Fabíola Oliveira David.

 

Anísio, investigado na Operação Furacão e condenado a 48 anos de reclusão em primeira instância, é acusado de ser um dos líderes de quadrilha que explorava ilegalmente bingos e máquinas caça-níqueis no Rio de Janeiro.

 

O bloqueio foi determinado pela 6ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, sob a alegação de que a defesa não conseguiu comprovar a origem lícita dos valores depositados. A decisão foi estendida às contas da mulher do acusado por suspeita de conter recursos dele.

 

A Operação Furacão teve início em 2007 a fim de encontrar os acusados de envolvimento com a exploração de jogos ilegais, corrupção de agentes públicos, tráfico de influência e receptação.

 

Até o fechamento da reportagem, a defesa de Aníz Abrahão David não se pronunciou.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique