Tremor de terra atinge cidades do Maranhão e do Piauí

02:04 Geral, Notícias 03/01/2017 - 17h44 Brasília Embed

Renata Martins

Um tremor atingiu cidades do Maranhão e do Piauí, entre elas as duas capitais, São Luís e Teresina, nesta terça-feira (3) pela manhã. De acordo com Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, o tremor de 4.7 na escala Richter, que vai até 10 graus, foi às 10h43, horário de Brasília, 9h43 horário local.

 

Para se ter uma ideia do alcance do tremor, o epicentro foi próximo à cidade maranhense de Vargem Grande, que, em linha reta, fica a 140 quilômetros de São Luís e a 190 quilômetros da capital piauiense.

 

Para outro instituto de pesquisa, o Centro de Sismologia da USP, a Universidade de São Paulo, o epicentro, que é o ponto onde se registra a maior intensidade do movimento sísmico, foi na cidade de Belágua, também no Maranhão, e registrou 4.6 na escala Richter.

 

Foi para Belágua que a equipe do Corpo de Bombeiros foi deslocada. Em nota, o governo maranhense informou que as primeiras informações são de inexistência de vítimas ou danos na cidade. Em São Luís, alguns prédios foram esvaziados, em ação voluntária das pessoas, por medo do tremor.

 

Alguns prédios de Teresina foram evacuados. Entre eles, um dos anexos do Palácio Karnak, que é o edifício-sede do governo estadual. De acordo com o governo do Piauí, não há registros de feridos ou vítimas fatais.

 

No momento do tremor, o jornalista Jhone Sousa estava no trabalho, no bairro Piçarra, em Teresina. Jhone relata que, inicialmente, pensou que fosse algum caminhão passando na rua.

 

Sonora: "Pensei que era normal. Mas começou a ter relato de várias pessoas. Como eu estava no térreo, acho que foi mais fraco. Agora, pessoas que estava nos prédios sentiram o tremor mesmo, móveis mexendo. Foi um desespero para as pessoas que trabalham em prédios."


Segundo o professor Juraci Carvalho, do Observatório Sismológico da UnB, o tremor de terra foi devido ao rompimento de uma falha geológica, em consequência das movimentações tectônicas.