Ex-assessor especial de Sérgio Cabral é preso na Operação Mascate

01:50 Geral, Notícias 02/02/2017 - 14h58 Rio de Janeiro Embed

Karol Assunção

O agente fazendário Ary Ferreira da Costa Filho, ex-assessor especial de Sérgio Cabral foi preso no início da tarde desta quinta-feira(2) na Via Dutra, no Rio de Janeiro.

 

Ary Filho é alvo da Operação Mascate, realizada pela Polícia Federal nesta quinta-feira. Esta operação é um desdobramento da Operação Calicute, que prendeu, no fim do ano passado, do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

 

Agentes da polícia federal chegaram a ir na residência do ex-assessor de Cabral pela manhã, mas não foi encontrado em casa. No fim da manhã,  advogado de Ary Filho esteve na sede da Superintendência da Polícia Federal para informar que o cliente iria se apresentar à polícia.

 

Além da prisão, a Justiça Federal ainda ordenou o bloqueio cautelar de quase  R$ 9 milhões depositados por Ary Filho nas contas das concessionárias de automóveis Eurobarra e Americas Barra, e tornou indisponíveis sete imóveis e dois automóveis de propriedade do investigado.

 

De acordo com o Ministério Público Federal, os procuradores da Força-Tarefa da Lava-Jato no Rio de Janeiro consideram Ary Filho como “um dos operadores financeiros mais importantes” da organização chefiada por Cabral.

 

As investigações apontam que ele e outro ex-assessor especial de Sérgio Cabral, Carlos Miranda, cometeram lavagem de ativos usando a empresa LRG Agropecuária e as concessionárias de automóveis Eurobarra e Americas Barra.

 

Segundo o MPF, Ary Filho foi assessor de Sérgio Cabral nos mandatos do político na Assembleia Legislativa, em 1996, no Senado, em 2004 e no governo estadual, em 2007 e 2010. Ary Filho chegou a pedir exoneração em julho de 2010, mas retornou ao cargo em outubro do mesmo ano, após a campanha à reeleição do ex-governador.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.