Termina sem acordo reunião sobre melhorias trabalhistas para PMs do Rio

02:13 Geral, Notícias 12/02/2017 - 14h55 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Após quase 3 horas, terminou sem acordo a reunião entre o Comando da Polícia Militar do Rio de Janeiro e as mulheres representantes do movimento que está na frente dos Batalhões do estado. Segundo Cristiane, esposa de um policial militar que não quis revelar o sobrenome, o movimento segue firme até a pauta ser atendida pelo governo do estado.

 

Para Verônica Nunes, também esposa de uma agente, não basta o pagamento do salário na próxima terça-feira (14) como prometeu o Secretário de Segurança Roberto Sá na sexta-feira.

 

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro mediou a reunião que aconteceu no Quartel General, no Centro da cidade. Para a coordenadora do Grupo de Mediação de Conflito do MP, a procuradora Anna Maria Di Masi, esse foi um encontro inicial de uma gestão de crise.

 

Participaram da reunião o Comandante-Geral da PM, Coronel Wolney Dias, e o Chefe do Estado-Maior Operacional, Coronel Cláudio Lima Freire. Em nota, a Polícia Militar informou que se comprometeu a estudar a viabilidade das reivindicações que competem à corporação, tais como escalas, melhores condições de trabalho e atendimento médico. Ainda segundo a PM, nova reunião será agendada com a presença de um representante do governo estadual.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique