Justiça do RJ proíbe débito de consignado para servidores com salários atrasados

01:42 Geral, Notícias 09/03/2017 - 09h28 Brasília Embed

Ícaro Matos

* A participação do repórter foi ao vivo.

 

Uma liminar concedida pela Justiça do Rio de Janeiro impede 26 bancos de descontar os valores referentes a empréstimos consignados diretamente das contas dos servidores públicos que estiverem com os salários atrasados.

 

A decisão, tomada nessa quarta-feira (8), vale para todo o Brasil e também estabelece a exclusão dos nomes dos servidores inscritos nos cadastros de devedores em função da aplicação dessa cláusula contratual que permite a cobrança direta, assim como proíbe, também, novas negativações que venham a ser feitas por esse motivo.

 

Veja na reportagem de Ícaro Matos.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique