Militante do MST é assassinado em hospital de Parauapebas, no Pará

01:16 Geral, Notícias 20/03/2017 - 20h11 Brasília Embed

Renata Martins

Um militante do MST foi assassinado na madrugada desta segunda-feira dentro do Hospital Geral de Parauapebas, no Pará.

 

Waldomiro Costa Pereira era assessor do gabinete da Prefeitura do município e militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra  na região.

 

De acordo com a Polícia Civil, por volta de 2 horas 50 minutos de hoje, cinco homens armados e encapuzados renderam os seguranças da unidade de saúde e mataram a vítima com pelo menos oito tiros. Após o assassinato, eles fugiram em duas motos.

 

Waldomiro estava internada na UTI, após ter sido baleada no sábado, em um terreno de sua propriedade, no assentamento 17 de Abril, em Eldorado dos Carajás, onde militou desde a ocupação do local.

 

A Polícia paraense ainda investiga as circunstâncias e a possível motivação do assassinato. As imagens do circuito interno do Hospital foram requisitadas para ajudar na identificação dos criminosos.

 

Em nota, o MST cobrou que as investigações esclareçam o caso e destacou o alto índice de impunidade e ainda que a ação de milícias criminosas em casos de assassinatos de trabalhadores no Pará impulsiona a violências deste tipo.