Polícia Federal indicia mais oito pessoas por organização terrorista

01:21 Geral, Notícias 07/03/2017 - 07h24 Brasília Embed

Jéssica Gonçalves

A Polícia Federal concluiu o inquérito da Operação Hashtag nessa segunda-feira, e indiciou mais oito pessoas. Agora são 16 indiciados, já que outros oito envolvidos já haviam sido denunciados pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal.

 

Foi a primeira denúncia oferecida no Brasil por crimes de associação criminosa e promoção de organização terrorista, previstos na Lei Antiterrorismo, promulgada em 2016. Se condenados, os envolvidos podem pegar até 11 anos de prisão.

 

A Operação foi deflagrada em julho do ano passado, para investigar um grupo suspeito de tramar ações terroristas durante os jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro. Mas as investigações começaram em abril, a partir de um relatório do FBI americano sobre brasileiros envolvidos com células terroristas.

 

Com o documento em mãos, a Polícia Federal monitorou o grupo por meio da quebra de sigilo telefônico, rastreamento de redes sociais e acompanhamento de conversas trocadas em aplicativos de celular.

 

Segundo o órgão, durante os dez meses de investigação, foram cumpridos 74 mandados judiciais, sendo 26 de busca e apreensão domiciliar, 40 de prisões temporárias e preventivas e oito de condução coercitiva, todos expedidos pela décima quarta Vara Federal de Curitiba, no Paraná.