História Hoje: Liga das Nações chegava ao fim há 71 anos e transferia ações para ONU

02:51 Geral, Programetes 18/04/2017 - 07h00 Brasília Embed

Apresentação Dilson Santa Fé

O dia 18 de abril de 1946 marcou o fim da Liga das Nações – organização criada em Versalhes, nos arredores de Paris, onde as potências vencedoras na Primeira Guerra Mundial se reuniram para negociar um acordo de paz.

 

O então presidente norte-americano, Woodrow Wilson, foi um dos principais defensores da criação de uma organização global que incluísse estados independentes e que mesmo os menores tivessem influência. Mas a recusa do Congresso de seu país em ratificar o Tratado de Versalhes impediu que os Estados Unidos se tornassem membro da nova organização.

 

A ascensão dos regimes totalitários na Europa contribuíram para o fracasso da entidade. As nações não acreditavam nos benefícios do liberalismo e da democracia. Para esses países, as humilhações sofridas durante a Primeira Guerra Mundial seriam curadas somente pelo poderio bélico e pela conquista de novos territórios. Tratava-se de uma revanche contra os vencedores da Primeira Guerra Mundial.

 

A partir da invasão japonesa no território da Manchúria, originalmente controlado pela China, a Liga das Nações começou a dar sinais de fragilidade com a saída do Japão do organismo. Defeitos de origem também contribuíram para o fracasso, já que não contava com a União Soviética, nem com os Estados Unidos, país do seu idealizador. O governo de Moscou não era aceito, e como Washington havia rejeitado o Tratado de Versalhes, também ficou de fora.

 

Não demorou muito para que a Liga mostrasse sinais de fraqueza. Em 1923, tropas francesas invadiram a região alemã de Renânia. O ato foi considerado uma violação do Tratado de Versalhes.

 

Além disso, entre 1936 e 1939, durante a Guerra Civil Espanhola, quando italianos e nazistas apoiaram as forças do general Franco, naquele país, ficou claro a fragilidade da Liga das Nações, que não conseguiu evitar o revanchismo dos países totalitários.

 

No dia 18 abril de 1946, o organismo se autodissolveu, transferindo as responsabilidades que ainda mantinha para a recém-criada ONU, Organização das Nações Unidas.

 

Edição: Patrícia Leite
Sonoplastia: Messias Melo

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.