Picciani vai à Justiça para que recurso referente a pagamento de servidores da Alerj seja liberado

01:41 Geral, Notícias 05/04/2017 - 08h58 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, vai recorrer à Justiça para obrigar o Executivo estadual a repassar os recursos para o pagamento de servidores e o valor dos gastos de custeio e investimento previstos pela Constituição Federal.

 

Os recursos são da ordem de mais de R$ 60 milhões mensais. Desse valor, cerca de R$ 50 milhões são destinados ao pagamento de servidores. O restante é para custeio e investimento. A Alerj informou que não recebeu na integralidade os valores referentes a fevereiro, março e abril.

 

Na segunda-feira (3), o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o bloqueio de R$ 129 milhões das contas do governo do Rio para o pagamento de salário de servidores do Tribunal de Justiça do estado. Procurado, o governo do estado informou que não vai comentar a decisão da Alerj.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique