História Hoje: Paulo Freire morria há 20 anos

02:22 Geral, Programetes 02/05/2017 - 07h05 Brasília Embed

Apresentação Dilson Santa Fé

Dois de maio de 1997, morre o educador Paulo Freire.

 

Professor de Língua Portuguesa, graduado pela Faculdade de Direito de Recife, doutor honoris causa por mais de 20 universidades, Paulo Reglus Neves Freire mudou o conceito de educação. Para ele, o ser humano lê o mundo antes de ler a palavra.

 

Certa vez, a caminho da escola, uma criança perguntou ao pai o que aconteceria com sua cabeça quando estivesse repleta de tudo o que a professora estava ensinando. Teria espaço para tantas coisas?

 

O pai a olhou, sorriu e respondeu: “O conhecimento não ocupa espaço. E quanto mais conhecimento, mais livre você será.”

 

Paulo Freire, o educador brasileiro mais conhecido no mundo, dizia que a educação é como a prática da liberdade.

 

É quase impossível falar de Paulo Freire e não lembrar dos primeiros ensinamentos, do giz a correr o quadro na parede, seguindo o doce comando das mãos da primeira professora, do primeiro professor. Se a educação é capaz de provocar mudanças, o professor é quem as torna possíveis.

 

Em uma determinada ocasião, Paulo Freire declarou: “Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso, aprendemos sempre. ”.

 

Dentro dessa linha de pensamento, se aprendemos sempre, podemos afirmar, então, que a educação é continuada. É a soma do que se aprende na vida, também é o conjunto de ensinamentos que se recebe na escola. Seja a escola que se faz sob uma árvore, em um grande centro urbano, em um barraco de taipa, seja no interior ou nas regiões ribeirinhas de nosso país.

 

 

* Pesquisa e Texto: Solimar Luz
   Edição: Patrícia Leite
   Sonoplastia: Messias Melo
 

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique