Mães de vítimas cobram dos deputados medidas contra violência policial no Rio

01:48 Geral, Notícias 19/05/2017 - 21h24 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Mães e familiares de vítimas da violência policial estiveram nesta sexta-feira na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro comm o objetivo  de cobrar medidas para diminuir o número de ocorrências envolvendo esses confrontos e garantir mais agilidade e resultados nas investigações dos crimes.

 

O grupo entregou à Comissão de Direitos Humanos da Alerj carta aberta com projetos de lei que buscam mudanças positivas nas políticas públicas de segurança. Débora Maria da Silva, do Movimento Mães de Maio, fez parte da comitiva que assinou o documento e contou como transformou a dor da perda do filho em luta.

 

A ação desta sexta-feira fez parte do II Encontro da Rede Nacional de Mães e Familiares de Vítimas do Terrorismo do Estado. Segundo dados da Rede, entre 2009 e 2015, quase 18 mil pessoas foram mortas pela polícia no Brasil.

 

Só no Rio de Janeiro, mais de 900 pessoas foram assassinadas por agentes do estado no ano passado. Já no primeiro trimestre deste ano, mais de 300 vítimas já foram registradas. Procurada pela reportagem, a Polícia Militar do Rio de Janeiro não se posicionou diante das críticas à atuação da corporação em comunidades pobres.