Manaus decreta situação de emergência social diante de imigração venezuelana

02:35 Geral, Notícias 08/05/2017 - 17h52 Manaus Embed

Bianca Paiva

A Prefeitura de Manaus informou que vai comunicar ao Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, ainda nesta segunda-feira, sobre o decreto de emergência social devido ao intenso processo imigratório de venezuelanos na cidade.

 

A medida foi publicada na última quinta-feira (4) no Diário Oficial do município. Com isso, a capital amazonense espera receber ajuda para desenvolver ações que minimizem o problema, como e explica o secretário municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos, Elias Emanuel.

 

Sonora: “Com isso o que nós queremos verdadeiramente é a inclusão do governo federal e do governo do Amazonas nas ações que tem como objetivo dar uma solução a curto prazo para o drama dos venezuelanos indígenas Warao que estão em Manaus desde o início de dezembro do ano passado. Quando eles aqui chegaram, era um grupo de 35 pessoas. Hoje nós já temos mais de 350. Então a situação é verdadeiramente de emergência”.

 

A maioria dos indígenas venezuelanos está acampada debaixo de um viaduto e na rodoviária de Manaus em condições precárias. Durante o dia, eles se espalham pela cidade, principalmente em semáforos, para pedir esmola. Chama a atenção o fato da mendicância ser praticada por mulheres, muitas vezes com bebês de colo, e por crianças. Uma das maiores preocupações, segundo Elias Manuel, é com a disseminação de doenças entre os indígenas, que estão mais vulneráveis, e o restante da população.

 

Sonora: “A gente já identificou alguns casos aqui, inclusive de tuberculose e de catapora. Houve uma preocupação com várias doenças que podem vir junto com esse grupo para a cidade. A saúde municipal está acompanhando muito de perto esse assunto”.

 

Atualmente, as secretarias municipal e estadual de Saúde, de Assistência Social e Direitos Humanos estão oferecendo atendimento médico e vacinação aos imigrantes. De acordo com o secretário, será enviado um ofício à Polícia Federal para que providencie a regularização de permanência dos venezuelanos em Manaus, tendo em vista que muitos não possuem nem documento de identidade.

 

A Pastoral do Migrante e o Ministério Público Federal do Amazonas também acompanham a situação dos indígenas Warao.

 

A Venezuela vive uma crise política e econômica, o que tem levado a população do país a buscar melhores condições de vida no Brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique