Brasiliense paga R$ 4,7 milhões a mais em sua conta por 'gatos' de água e energia

02:20 Geral, Notícias 19/06/2017 - 11h11 Brasília Embed

Kariane Costa

As ligações clandestinas de energia e água, os famosos “gatos”, são responsáveis pelo prejuízo de cerca de R$ 4,7 milhões por mês, no Distrito Federal. Parte desse valor é repassado para os contribuintes.


A Companhia Energética de Brasília (CEB) estima que há cerca de 40 mil ligações clandestinas espalhadas em 57 localidades, o que representa prejuízo de cerca de R$ 2 milhões, por mês, no faturamento da empresa. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) permite o repasse de parte deste valor para o consumidor, conforme explica o engenheiro eletricista da CEB, Luiz Thiago.


Já as ligações clandestinas de água geram, de acordo com a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), prejuízo mensal de R$ 2,7 milhões.


Estima-se que há cerca de 38 mil ligações não autorizadas no DF, que compõem o índice de perda que entra como insumo no custo da tarifa de água paga pelo contribuinte.


Além de piorar a situação hídrica no Distrito Federal, o gerente de Vistoria e Fiscalização da Caesb, Geraldo Donizeth, afirma que esses “gatos” também podem ocasionar mortes.


Quem for pego com ligações irregulares de água ou energia responde criminalmente e administrativamente, além de ser obrigado a reparar os danos ocasionados nas redes.


Quem presenciar alguma ligação clandestina de água deve denunciar pelo número de telefone 115, para a Caesb, e, nos casos de energia, pelo 116 para a CEB.