MP do Rio pede isonomia de gênero em concursos da área de segurança pública

01:11 Geral, Notícias 04/06/2017 - 14h34 Rio de Janeiro Embed

Tatiana Alves

O Ministério Público entrou com uma ação pedindo isonomia no número de vagas oferecidas para mulheres e homens em concursos da área de segurança pública do estado do Rio de Janeiro.

 

O objetivo é fazer com que o estado seja obrigado a preencher cargos na Polícia Militar, na Polícia Civil, no Corpo de Bombeiros e na Secretaria de Administração Penitenciária sem distinção de gênero entre candidatos.

 

O Ministério Público também pediu a anulação do concurso público da Polícia Militar, realizado em dezembro de 2016. Para o órgão, o edital do certame violou a Constituição ao oferecer apenas 10 por cento das vagas para mulheres.

 

A Polícia Militar argumentou que a oferta reduzida para mulheres de cargos para os quadros de oficiais da PM se justifica por diferenças relacionadas à força física entre os sexos.

 

Mas o Ministério Público rebateu alegando que as atividades das funções descritas no edital do concurso eram, em sua maioria, de natureza intelectual.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique