PF investiga se houve crime eleitoral e lavagem de dinheiro na campanha de Haddad à prefeitura de SP

00:57 Geral, Notícias 01/06/2017 - 11h10 São Paulo Embed

Guilherme Jeronymo

A Polícia Federal realiza operação de busca e apreensão na cidades de São Paulo, São Caetano e Praia Grande para apurar crimes eleitorais e lavagem de dinheiro na campanha eleitoral de 2012 à prefeitura da capital. A investigação é um desdobramento da Lava Jato e surgiu a partir das delações de ex-executivos da construtora UTC, feitas em 2015.

 

Na época, os executivos afirmaram terem feito repasses de R$ 2,6 milhões para saldar dívidas da campanha do ex-prefeito Fernando Haddad à gráfica do ex-deputado estadual Francisco Carlos de Souza.

 

Em nota, a assessoria de Haddad diz que a gráfica prestou pequenos serviços devidamente pagos pela campanha e registrados no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 

 

* A participação do repórter foi ao vivo.

 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique