Projeto da Univale contabiliza em dois anos 23 mil animais mortos em 700 km de praias

03:31 Geral, Notícias 10/06/2017 - 07h02 São Paulo Embed

Guilherme Jeronyimo

Em pouco menos de dois anos, 23 mil animais foram encontrados mortos nos 700 quilômetros de praia entre Laguna, em Santa Catarina, e Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Outros 2,5 mil foram resgatados em condições de saúde ruim e recolhidos para tratamento.

 

É o que mostra levantamento feito pela Universidade do Vale do Itajaí (Univale), que coordena o projeto de monitoramento de ocorrências e situação da fauna marinha na Bacia de Santos.

 

As principais causas das mortes têm sido a ingestão de lixo e acidentes com redes de pesca, variando de acordo com a espécie. As maiores vítimas são as tartarugas verdes, o bobo-pequeno (pequena ave marinha migratória), as toninhas e os botos cinzas.

 

Confira na reportagem de Guilherme Jeronymo.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique