Ação policial matou 459 pessoas em São Paulo no primeiro semestre

01:19 Geral, Notícias 27/07/2017 - 19h03 São Paulo Embed

Nelson Lin

Dados oficiais da Secretaria da Segurança Pública (SSP) compilados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostram que policiais militares e civis mataram 459 pessoas nos primeiros seis meses do ano, número inferior apenas ao do ano de 2003, quando 487 pessoas morreram em decorrência de ação policial.

 

O número de mortos por policiais fora do serviço também é o maior para o semestre em toda a série histórica, desde 2001. No total, 127 pessoas foram mortas por policiais militares e civis fora de serviço.

 

No ano passado, 2016, 403 pessoas morreram em ações policiais no mesmo período analisado e 115 pessoas foram mortas por policiais militares e civis fora de serviço.

 

Em nota a secretaria de segurança pública disse que desenvolve ações para diminuir a letalidade policial e que as mortes decorrentes de oposição à intervenção policial são em sua grande maioria por ações de repressão aos crimes contra o patrimônio.

 

Por fim, a nota também diz que todos os casos de mortes decorrentes à oposição da ação policial são investigados por meio de inquérito para apurar se a atuação foi legítima e só são arquivados após o pedido do ministério público e do judiciário.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique