Bope reforça atuação no Morro da Mangueira após ataque à UPP; cabo foi morto

01:33 Geral, Notícias 17/07/2017 - 13h08 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

Um policial militar morreu e outro ficou ferido, após criminosos atacarem uma base avançada da Unidade de Polícia Pacificadora da Mangueira, na zona norte do Rio de Janeiro.

 

Segundo a Polícia Militar, o ataque ocorreu por volta das 8 da manhã, no momento em que era feita a troca de turno, na base que fica na localidade conhecida como Telégrafo.

 

Dois policiais foram baleados e socorridos para o Hospital Quinta D'or.

 

O cabo Bruno dos Santos Leonardo, de 29 anos, foi atingido na cabeça e não resistiu aos ferimentos. Ele estava na corporação há 6 anos, era casado e deixa uma filha e um enteado.

 

O outro policial, que não teve a identidade revelada, levou um tiro na perna e está internado para a realização de exames.

 

Após o ataque, o policiamento na Mangueira foi reforçado com homens do Bope, o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar.

 

*Post alterado às 14h35 de 17/07/17 para inclusão da matéria consolidada.