Crivella defende relação igualitária entre taxistas e motoristas de aplicativos

01:50 Geral, Notícias 27/07/2017 - 14h40 Brasília Embed

Lígia Souto

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, disse nessa quarta-feira (26) que é preciso tornar mais igualitária a concorrência entre taxistas e motoristas de aplicativos que fornecem transporte com carro particular.


A afirmação foi feita durante mutirão de cirurgias em hospital no Irajá e na véspera de uma manifestação geral marcada pelo Sindicato dos Taxistas Autônomos do Município do Rio de Janeiro.


Crivella disse que conversou com os representantes de táxis e que é preciso conciliar os interesses, estabelecer comissão sobre a corrida e acabar com a diária fixa paga pelos motoristas aos donos de táxi.


No final de maio, a prefeitura do Rio tornou o táxi Patrimônio Cultural carioca e lançou uma plataforma de mobilidade para o serviço, que começou a funcionar em fase de teste e será liberada em agosto para o público. 


Os taxistas, que convocaram uma manifestação para esta quinta-feira (27), querem a fiscalização dos aplicativos que não têm liminar para operar; posicionamento sobre o taxímetro virtual e aumento da fiscalização em estacionamentos irregulares.


A categoria reivindicava a prorrogação do prazo de vida útil dos veículos de seis anos para oito anos. A medida, no entanto, foi publicada no Diário Oficial do Município dessa quarta-feira.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique