Cantor acusado de matar turista argentino deve ser extraditado para o Brasil nos próximos dias

01:26 Geral, Notícias 16/08/2017 - 18h19 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

O cantor Valterson Ferreira Cantuária, de 28 anos, ex-integrante do grupo de pagode Karametade, e mais conhecido como Toddy Cantuária, deve ser extraditado para o Brasil nos próximos dias.

 

Ele tinha mandado de prisão expedido pela Justiça do Rio de Janeiro e estava foragido desde março deste ano, mas foi preso na última segunda-feira (14) em Paris, na França.

 

Toddy Cantuária é um dos 4 acusados pela morte do turista argentino Matias Carena, de 28, em uma briga na saída um bar, em Ipanema, no último dia 26 de março.

 

Segundo a Polícia Civil, foi o cantor quem deu o soco que derrubou o argentino, fazendo com que o turista batesse a cabeça na quina de um degrau e tivesse o traumatismo craniano que causou a sua morte, de acordo com o laudo do Instituto Médico Legal.

 

Logo depois do crime Toddy Cantuária fugiu para a Espanha e era procurado pela Interpol.

 

Quando chegar ao Brasil ele será julgado por homicídio qualificado e, se condenado, poderá pegar até 30 anos de prisão.

 

Os outros 3 acusados do crime, Pedro Henrique Marciano, o "PH", de 25 anos, Júlio César Oliveira, conhecido como Godinho, de 24 anos e Thiago de Noros Lessa Filho, o Kadu, 39 anos, já estavam presos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique