História Hoje: Há 27 anos, Kuwait era invadido pelo Iraque

02:08 Geral, Programetes 02/08/2017 - 07h00 Brasília Embed

Apresentação Carmen Lúcia

Em 2 de agosto de 1990, o Iraque invade o Kuwait. A decisão tomada por Saddam Hussein foi o combustível que faltava para explodir a Guerra do Golfo.

 

Ao fim da Guerra Irã-Iraque, em agosto de 1988, a economia iraquiana estava a beira do colapso. E a decisão de invadir o Kuwait foi essencialmente uma tentativa reverter a vulnerabilidade da economia do país.

 

Os maiores credores da dívida eram a Arábia Saudita e o Kuwait. O governo do Iraque tentou fazer com que estes países perdoassem parte do débito, mas eles se recusaram. Além da questão econômica, o conflito também ocorreu por disputas territoriais.

 

Na ocasião, Saddam Hussein justificou a invasão, dizendo que a prática do Kuwait em promover uma política de superextração de petróleo, tinha o objetivo de derrubar o preço no mercado e prejudicar a economia iraquiana.

 

A Guerra do Golfo foi um conflito militar travado entre o Iraque e forças da Coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos e patrocinada pela Organização das Nações Unidas.

 

Para a remoção dos Iraquianos foram recrutados vários homens e uma grande quantidade de modernos equipamentos militares foram colocados a disposição dos combatentes. Uma estratégia de guerra que culminou na libertação do território kuwaitiano.

 

Considerada por historiadores a maior mobilização de recursos humanos e materiais desde o final da Segunda Guerra Mundial, foi ainda uma campanha militar inovadora, levando ao campo de batalha um poder de fogo e uma sofisticação tecnológica nunca vista, até então.

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.