MP denuncia três funcionários da Rioluz por morte de grávida em 2013

01:46 Geral, Notícias 09/08/2017 - 14h40 Rio de Janeiro Embed

Tatiana Alves

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, denunciou à Justiça três funcionários da Rioluz, Companhia Municipal de energia e iluminação da capital, como os responsáveis pela morte de Magdalena Teresa Rosa, em março de 2013.

 

A mulher estava grávida de cinco meses e morreu eletrocutada ao se apoiar em um poste no Catete, na zona sul da cidade, enquanto tentava se proteger de uma chuva na região.

 

Segundo a 5ª Promotoria de Investigação Penal da Capital os acusados Paulo César dos Santos, Flávio Oliveira Santos e Adriano Alves de Lira serão responsabilizados pelo crime de homicídio doloso, quando se assume o risco de matar.

 

O órgão entende a responsabilidade pela falha porque as atividades desempenhadas por eles tinham relação direta com a manutenção, a reparação e o controle da iluminação pública no bairro. O MP quer que os envolvidos sejam submetidos a julgamento no Tribunal do Júri.

 

Um laudo Técnico comprovou, posteriormente, que a instalação no poste metálico de luz apresentava escapamento elétrico e gerava perigo aos pedestres. Como a manutenção dos postes de iluminação pública é realizada pela RIOLUZ, a responsabilidade pelo incidente é atribuída diretamente aos envolvidos.

 

A Rioluz esclarece em nota que o teor da denúncia ainda não foi liberado para consulta e que teve acesso ao laudo oficial do Instituto de Criminalística Carlos Éboli que conclui que o poste não apresentava passagem de energia. Segundo o texto, a companhia se mantém disposta para dar mais esclarecimentos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique