MP do Rio entra com ação para manter profissionais temporários nos hospitais federais

01:13 Geral, Notícias 18/08/2017 - 19h37 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro entrou com ação urgente na Justiça para manter profissionais temporários em todos os hospitais federais no estado.

 

A medida tem como objetivo garantir o funcionamento das unidades de saúde que realizam consultas, cirurgias e atendimentos em emergências.

 

De acordo com o MPF, os hospitais já estão precarizados por causa da falta de profissionais e se não houver reposição da força de trabalho serão obrigados a suspender os serviços.

 

O pedido vai ser julgado na 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro. Além disso, ação civil pública de 2016 pede a realização de concurso público para a substituição desses profissionais temporários.

 

Segundo o MPF, no ano passado, eram mais de 3 mil e 200 profissionais contratados de forma temporária nos hospitais federais do Rio.

 

A rede de saúde federal do Rio é composta pelos hospitais federais da Lagoa, de Ipanema, do Andaraí, dos Servidores do Estado, de Bonsucesso, Cardoso Fontes além do Instituto Nacional de Cardiologia (INC) e do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique