Operação prende no Rio suspeitos de informar traficantes; soldado do Exército foi detido

02:07 Geral, Notícias 21/08/2017 - 21h09 Rio de Janeiro Embed

Nanna Pôssa

O ministro da Defesa, Raul Jungman afirmou que o impacto de vazamento de informações sobre operações é mínimo. Jungman deu a declaração durante coletiva realizada nesta segunda-feira (21). Pelo menos 39 pessoas foram presas. Entre elas, um soldado do Exército suspeito de ter passado informações para traficantes.

 

Foram encontradas sete pistolas, uma espingarda e duas granadas; 300 kg de maconha e 10 kg de cocaína foram apreendidos.

 

Na coletiva, o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Roberto Sá, disse que as operações vão continuar e considerou o resultado satisfatório.

 

Mais de cinco mil homens, 500 veículos e 43 blindados foram mobilizados pelas Forças Armadas para o apoio na ação no Rio.

 

Pelo menos 50 instituições de educação, entre escolas, creches e espaços de desenvolvimento infantil não funcionaram nesta segunda, prejudicando mais de 27 mil alunos, que ficaram sem aulas. Foi o maior número registrado pela Secretaria Municipal de Educação devido às operações policiais.