Ato no Rio comemora a vida e destaca papel do CVV no apoio a pessoas que precisam ser ouvidas

02:16 Geral, Notícias 10/09/2017 - 17h58 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

Um ato na orla de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, marcou o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, na cidade, em apoio à Campanha Nacional Setembro Amarelo. Com camisetas amarelas dezenas de participantes ocuparam um trecho de uma das pistas da avenida Atlântica para lembrar que o suicídio pode ser evitado.

 

O ato aconteceu em clima de muita alegria, com faixas, cartazes e balões e contou com pacientes, familiares e profissionais da área de saúde mental, que dançaram e festejaram a vida.

 

De acordo com o organizador, o médico psiquiatra Jorge Jaber, que é membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, a simples escuta a essas pessoas pode ser determinante para que elas mudem de ideia. O médico destacou o trabalho gratuito do CVV, Centro de Valorização da Vida, que também participou da ação.

 

Sonora: “Uma pessoa treinada consegue emprestar seu ouvido. Não chega a uma hora. Cerca de 20 minutos, e você consegue que aquela pessoa faça aquele desabafo. E nesse momento temos que destacar a grande importância do CVV, que ajuda a população.”

 

Jaber disse que é preciso ainda combater os preconceitos que impedem que as pessoas falem sobre o problema e que a divulgação é importante para isso.

 

Antônio Tomé, que atualmente é terapeuta em dependência química, já passou por uma vivência com o problema e disse que o apoio da família e o tratamento foram determinantes para a superação.

 

Sonora: “Comecei a entender que não era um ato covarde, que agora eu sei que era uma doença, e graça a Deus eu não tive êxito nesse meu planejamento.”

 

A psicóloga Vera Miranda, da organização não governamental SOS Vida, destacou que os quadros são reversíveis e que há várias possibilidades de tratamento.

 

Sonora: “É quando a gente percebe que alguém está sofrendo ao nosso lado, porque, às vezes, a pessoa ao nosso lado não tem essa percepção. Antes que isso aconteça.”

 

E também para marcar a data e ajudar a divulgar a campanha o Cristo Redentor foi iluminado de amarelo durante uma hora na noite desse domingo (10).

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique