Defesa de Lula orienta ex-presidente a ficar calado diante de algumas perguntas do juiz Sérgio Moro

02:48 Geral, Notícias 14/09/2017 - 00h40 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O segundo depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro durou pouco mais de duas horas.

 

A sabatina começou pouco depois das 14h e, ao contrário do que ocorreu no primeiro depoimento, que durou quase cinco horas, o ex-presidente deixou de responder várias perguntas do juiz e de procuradores responsáveis pela ação.


Segundo o advogado de Lula, Cristiano Zanin, essa foi uma orientação da defesa.

 

O depoimento faz parte do processo que apura a possível compra, pela empreiteira Odebrecht, de um terreno em São Paulo para a sede do Instituto Lula e de um apartamento em São Bernardo do Campo, vizinho do apartamento onde vive o ex-presidente.

 

Os imóveis teriam sido destinados a Lula em troca de contratos com a Petrobras. Confira os detalhes.

 

* O áudio foi substituído às 9h de 14/09/2017 para acréscimo de informação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique