Em crise hídrica, agricultores do DF aprendem a cultivar com pouca água

01:56 Geral, Notícias 12/09/2017 - 11h00 Brasília Embed

John Matos

Começa nesta terça-feira (12) o Agroecologia 2017, evento internacional que contará com congressos e seminários para discutir o cultivo de forma sustentável. 


Serão três encontros simultâneos, o 6º Congresso Latino-americano de Agroecologia, o 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia e o 5º Seminário de Agroecologia do Disrito Federal e Entorno.


Com palestras, debates e discussões acadêmicas, o objetivo principal é promover o desenvolvimento da agropecuária de forma que o meio-ambiente seja respeitado. 


Pela primeira vez em Brasília, o Congresso Latino-Americano e o Congresso Brasileiro de Agroecologia vem para trazer a discussão para o centro do Poder no país, como explica o coordenador de agroecologia da Emater, Roberto Carneiro. 


“Vale a pena dizer para a população que a gente está dando essa contribuição para o nosso Distrito Federal, para região e para o planeta. Nós estamos trazendo a discussão da sustentabilidade para a sociedade conhecer.” 


Em alerta de crise hídrica e período de estiagem, o cultivo sustentável, que ajuda a poupar a água em grandes produções de alimentos, é destaque nos debates que acontecem durante os eventos. 


“Trazer essa discussão de agroecologia, neste momento de crise hídrica, vem num momento muito adequado porque realmente as propostas de produção de base agroecológica vem naturalmente, com essa perspectiva de poupar recursos hídricos, poupar o solo, poupar os recursos naturais.” 


Além das discussões científicas, o evento também receberá uma feira agroecológica aberta ao público. 


Quem desejar se inscrever nos congressos e no seminário deve entrar no site www.agroecologia2017.com. Os dias do evento são de 12 a 15 de setembro , das 8h até as 19h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. 


A Feira de Agroecologia, que tem entrada gratuita, acontece das 10h às 22h entre os dias 12 e 14.