Já começou a contagem regressiva para os 60 anos da Rádio Nacional de Brasília

05:00 Geral, Notícias 12/10/2017 - 08h41 Brasília Embed

Mariana Martins

Quem acha que namoro virtual é coisa da tal modernidade está muito enganado.

 

Antes mesmo das redes sociais e aplicativos de paquera existirem, o amor pelas ondas do rádio já uniu muitos casais mundo afora.

 

Declarações, cartas, músicas dedicadas... notícias cheias de carinho e promessas de fidelidade para o amor que estava longe. As madrugadas nas rádios sempre foram dos apaixonados.

 

Nessa contagem regressiva para os 60 anos da Rádio Nacional, vamos aproveitar para falar sobre os casos de amor embalados pelas ondas do rádio.

 

Gaby que trabalhou na central do ouvinte da Rádio Nacional de Brasília e que há 35 anos está na EBC, conta que foram inúmeras cartas e muitos casamentos apadrinhados pela Rádio Nacional.

 

E o Osvaldo, conhecido como Gambiarra, fiel participante do dial 980 MHz – a sintonia da  Rádio Nacional – velho parceiro dos nossos apresentadores e ouvintes, conheceu o amor da sua vida, a Dona Vera, sintonizado na Madrugada Nacional.

 

E quem conta como foi essa história, é o próprio Gambiarra.

 

E estão pensando que o Gambiarra cuidou só da felicidade dele? Nada disso! Hoje ele atua como um cupido nas ondas do rádio. Juntar outros casais e torcer para que todo mundo encontre a felicidade que ele achou ao lado da Dona Vera, é um dos seus objetivos.

 

O trabalho dele não é nada fácil, juntar casais solteiros! Como ele gosta de frisar!

 

E Gambiarra explica como ele faz para dar “aquela forcinha” a quem quer achar um novo amor. 

 

E para você que pensou que o amor nas ondas do Rádio era coisa do passado, saiba que casais continuam se conhecendo, se encontrando e buscando a felicidade!

 

Dona Nina e Seu Jorge, o mais recente casal unido pela Rádio Nacional, estão juntos há apenas cinco meses!

 

Vida longa e esse casamento e a tantos outros que nasceram por aqui.

 

Em tempos de aplicativos , a rádio continua fazendo o seu papel e faz chegar pelas suas ondas, além de notícias, um bocado de alegria e de vez em quando, um novo amor!

 

Eu sou Mariana Martins e vou contar histórias da Rádio Nacional para você até os nossos 60 anos!

 

Vem com a gente nessa contagem regressiva.