Jungmann diz que não há possibilidade de intervenção militar no Brasil

01:37 Geral, Notícias 21/10/2017 - 15h29 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, garantiu, neste sábado (21), no Rio, que os quartéis estão em paz e que não se cogita qualquer intervenção militar no Brasil, em resposta a declarações recentes de oficiais militares que afirmaram que, se o Congresso não agisse, as Forças Armadas agiriam.

 

O ministro afirmou que a Constituição vai ser respeitada.

 

Jungmann participou de cerimônia de homenagem aos militares brasileiros que compuseram a Missão de Paz no Haiti, a Minustah, encerrada no último dia 15 de outubro.

 

Ele criticou também o que chamou de pressões para a redução do papel da Organização das Nações Unidas (ONU).

 

O Brasil liderou a Minustah durante 13 anos. O ministro destacou também que outras missões individuais ou coletivas envolvendo militares brasileiros ainda estão em curso, como a Força Marítima para Estabilização do Líbano, coordenada pela Marinha brasileira.