Operação integrada das forças de segurança no Rio de Janeiro mobiliza 900 militares

02:23 Geral, Notícias 06/10/2017 - 18h21 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

A operação integrada das forças de segurança estaduais e federais realizada nesta sexta-feira no Morro dos Macacos, na zona norte do Rio de Janeiro, cumpriu até o início da tarde 11 dos 31 mandados de prisão expedidos.


Os agentes também realizaram uma prisão em flagrante. Do total de detidos, dois são adolescentes. As informações foram divulgadas durante coletiva com os órgãos envolvidos na ação. De acordo com o delegado Marcus Vinícius Braga, há indícios de que seis presos tenham participado da invasão à favela da Rocinha, na zona sul, no último dia 17.

 

A ação é fruto de três meses de investigação, que contou com a ajuda de policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela. Segundo o comandante da UPP, o capitão Rafael Bandeira, os policiais se posicionaram em pontos estratégicos e fizeram vídeos que permitiram a identificação dos criminosos.


Um dos principais suspeitos é Leandro Nunes Botelho, conhecido como Scooby, considerado o chefe do tráfico de drogas na região. Ele teria ligação direta nas disputas entre traficantes na comunidade da Rocinha.

 

De acordo com o almirante Roberto Rossato, 900 militares ficaram responsáveis pelo cerco à comunidade, tanto na parte alta como na parte baixa da favela.

 


Não houve apreensão de armas, mas os agentes encontraram farta quantidade de droga, que ainda será contabilizada. A operação, que começou nas primeiras horas da manhã, registrou apenas dois disparos e não deixou feridos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique