Polícia Civil do DF prende acusado de pedofilia; acervo é o maior já apreendido na capital

02:15 Geral, Notícias 06/10/2017 - 16h29 Brasília Embed

Dayana Vítor

O acusado de pedofilia, Alessandro da Silva Santos, de 45 anos está preso preventivamente no Complexo da Papuda. Ele responde por dois estupros, porte de imagens e vídeos sexuais de crianças e adolescentes. O suspeito foi preso após análise pericial de notebook e celular com vasto conteúdo sexual.

 

As investigações da 24ª Delegacia de Polícia, localizada no Setor O, apontaram que no último ano, Alessandro pode ter estuprado pelo menos dois menores: um de 13 e outro de 14 anos. A polícia também conseguiu identificar outros nove menores de idade, que venderam imagens e vídeos dos órgãos sexuais para o acusado. O delegado-chefe da 24 DP, Ricardo Viana, explica.

 

O delegado Ricardo Viana revela como os pais das vítimas se sentiram, quando souberam dos crimes.

 

A polícia civil ainda esclareceu que existem indícios que outras cinco crianças podem ter sido vítimas de Alessandro. Os agentes ainda identificaram dois adultos que teriam mantido relações sexuais com o suspeito quando ainda eram adolescentes, no ano 1998.

 

As investigações ainda identificaram outro suposto pedófilo: Jobson José Aquino, que já está preso em Belo Horizonte, em Minas Gerais.

 

Se condenado aos crimes que responde, Alessandro pode pegar até 31 anos de prisão.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique