BRT pode ter serviço interrompido no trecho Campo Grande-Santa Cruz

02:58 Geral, Notícias 09/11/2017 - 22h07 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O primeiro legado olímpico de mobilidade do Rio, o BRT Transoeste, deve ter um trecho suspenso. O Consórcio que opera os ônibus articulados enviou um ofício nesta quinta-feira ao Ministério Público do  informando ter esgotado todas as tentativas de obter soluções por parte da Secretaria Municipal de Transportes para os problemas constantes no trajeto,que liga Campo Grande a Santa Cruz.

 

E a paralisação, de acordo com o BRT, é agora apenas uma questão de tempo. 

 

O trecho, que recebeu cerca de R$ 100 milhões  de investimento público, enfrenta problemas como  alto índice de evasão de recursos por conta de passageiros que embarcam sem pagar, depredação resultante das  ações devândalos e falta de segurança.

 

O consórcio também aponta a recente decisão da prefeitura, de liberar as vans na região, como umproblema a mais para o sistema. 

 

O trecho sob ameaça de sair de operação compreende 10 estações e afeta 33 linhas.  A medida, se confirmada, vai  impactar a rotina diária de cerca de 30 mil pessoas, que precisarão recorrer a linhas de ônibus comuns ou ao transporte alternativo.

 

A diretora de relações institucionais do Consórcio BRT, Suzi Baloussier, disse que a medida é necessária para evitar que a operação de  todo o sistema seja comprometida. Suzi reconhe que a paralisação vai prejudicar as pessoas que mais precisam do serviço.

 

A Secretaria Municipal de Transportes informou em nota que respondeu a todas as solicitações enviadas pelo Consórcio BRT e que questões de segurança pública não são da competência da pasta.

 

A nota diz ainda que, em caso de paralisação do sistema BRT, os consórcios sofrerão as penalidades, para que o serviço seja restabelecido imediatamente.


A secretaria informou ainda que já acionou a Procuradoria Geral do Município para avaliar as medidas judiciais cabíveis.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique