Casos de infecção pelo HIV entre jovens continuam aumentando no Distrito Federal

02:13 Geral, Notícias 27/11/2017 - 21h19 Brasília Embed

Sumaia Vilela

Seguindo a tendência nacional dos últimos anos, casos de infecção do HIV, o vírus da AIDS, continuam aumentando no Distrito Federal especialmente entre jovens de 15 a 24 anos e entre pessoas acima de 55 anos.

 

As informações foram divulgadas nesta segunda-feira pela Secretaria de Estado da Saúde. O coordenador do programa de Doenças Sexualmente Transmissíveis do órgão, Sérgio d'Ávila, alertá para a necessidade de falar sobre o tema com os jovens.

 

A meta internacional para combater a AIDS é alcançar, até 2020, o patamar 90-90-90. Isso quer dizer que 90% de toda a população estimada com HIV precisam ser diagnosticados; 90% dos infectados precisam estar em tratamento e 90% dos que estão em tratamento precisam ter a carga viral indetectável no organismo. Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde, Marcos Quito, o Distrito Federal ainda não alcançou a meta do diagnóstico.

 

Na população em geral, desde 2013 são cerca de mil novos casos da doença por ano no Distirto Federal. Em 2017, já foram quase 840 diagnósticos positivos, incidência considerada alta. Por outro lado, faz dois anos que o Distrito Federal apresenta queda no número de mortes por AIDS.

 

Nesta segunda-feira foi lançada também a semana de luta contra a doença. Estão sendo realizadas atividades de prevenção e orientação sobre diagnóstico e tratamento. E sexta-feira é o Dia de Luta  Nacional Contra o HIV/AIDS. A programação está na internet, na página agenciabrasilia.df.gov.br.